COOPERAÇÃO AMBIENTAL ENTRE EMPRESAS VISTA COMO MOTOR DE COMPETITIVIDADE

A cooperação entre as unidades empresariais e os polos de investigação do território, com especial destaque para os centros da Universidade do Minho, é uma forma das empresas beneficiarem do avanço científico para aumentarem a sua competitividade, considerou Domingos Bragança, Presidente do Município de Guimarães, durante a realização do primeiro Conselho Consultivo para o Investimento e Emprego deste mandato. 
Ler mais