22 empresas querem investir no concelho de Guimarães e criar 417 empregos

A Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara de Guimarães está a trabalhar com 22 empresas que querem investir e criar 417 empregos em várias zonas do território concelhio. Segundo Ricardo Costa, vereador responsável pela Divisão de Desenvolvimento Económico:

“Muitos investimentos surgem pelo facto de estarmos próximos dos empresários. Quando visitamos uma empresa não nos limitamos a ver, há um trabalho de diplomacia e de proximidade que dá resultados”.

Os novos investimentos, ao todo, perfazem um valor de 81 milhões de euros. O alargamento da empresa Farfetch no Parque de Ciência e Tecnologia da freguesia de Barco, o Avepark, é o maior da lista de investimentos. Depois da criação de um escritório no Dubai, outro em Braga e da entrada na Bolsa de Nova Iorque é a vez de inaugurar um novo espaço em Guimarães. A cerimónia está marcada para 23 de maio com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Das 22 empresas, nove estão ligadas ao setor têxtil, com destaque para a construção de uma nova unidade de fiação da empresa Polopique, em Moreira de Cônegos. Os restantes investimentos passam pela criação  de um hipermercado, expansão de pastelaria, loja de eletrodomésticos, armazém automóvel. turismo rural ou calçado.